Bife Wellington: um prato elegante para a ceia de Natal!

Bife Wellington: um prato elegante para a ceia de Natal!

Esta receita de bife Wellington é mais fácil de preparar do que parece… E o resultado é de-li-ci-o-so!

Faça a diferença, neste Natal! Por exemplo, em vez de servir uma ceia em que o peru é a grande estrela dos pratos de carne, por que motivo não satisfaz o paladar de amigos e familiares com um bife Wellington? Acompanhe-o com arroz ou batatas e tenha a certeza: esta receita vai ser uma das grandes estrelas do Natal!

Receita de bife Wellington

Ingredientes:

– 1 kg de lombo de novilho
– 3 colheres de sopa de azeite
– Pimenta-preta moída na hora q.b.
– 250 gr de cogumelos
– 50 gr de manteiga com sal
– 1 ramo de tomilho
– 100 ml de vinho branco
– 12 fatias de bacon
– 1 embalagem de massa folhada com 500 gr
– Farinha para polvilhar q.b.
– 2 gemas de ovo batidas

Preparação:

Em primeiro lugar, aqueça o forno a 220º. Coloque o lombo de novilho numa assadeira, pincele com uma colher de sopa de
azeite e tempere com pimenta-preta moída na hora. Leve a assar durante 20 minutos.
Quando a carne estiver assada a gosto, retire do forno para arrefecer e, em seguida, deixe repousar no frigorífico durante 20 minutos. Enquanto a carne arrefece, lave e corte os cogumelos de forma a ficarem bem picadinhos.

Entretanto, numa frigideira, aqueça 2 colheres de sopa de azeite com a manteiga e frite, em lume médio, os cogumelos com um ramo de tomilho fresco até obter uma mistura macia, cerca de 10 minutos.
Adicione uma pitada de pimenta-preta moída na hora e o vinho branco, deixe cozinhar por mais 10 minutos.
Retire os cogumelos da frigideira para arrefecerem e deite fora o tomilho.
Polvilhe a bancada com farinha e estenda a massa folhada. No centro da massa, espalhe a mistura de cogumelos, deixando um rebordo de 2,5 cm, Disponha as fatias de bacon, ligeiramente sobrepostas e, em seguida, o lombo.
Embrulhe o lombo, como se de um rebuçado se tratasse. Pincele com gema de ovo e leve ao forno, durante cerca de 25 minutos, pré-aquecido a 180º.

(Visto 915 vezes)

Artigos Relacionados

Arroz de pato: para um encontro especial com a família!

Arroz de pato: para um encontro especial com a família!

Acredite: esta receita de arroz de pato sabe sempre bem! Podia, à-vontade, apenas saborear pratos oriundos da gastronomia portuguesa e tenho mesmo a certeza de que nunca me iria fartar! Há tantos e tão diferentes pratos a provar, não acha? Por exemplo, desde aquelas receitas típicas […]

A verdadeira receita de um Leitão à Bairrada!

A verdadeira receita de um Leitão à Bairrada!

Bom, tradicional e português: saiba como se deve fazer um Leitão à Bairrada! Sou português e com muito orgulho! E isso vê-se um pouco em tudo na minha vida. Por exemplo, quando estou de férias, em primeiro lugar, gosto de dar um salto a uma […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *