A verdadeira receita de um Leitão à Bairrada!

A verdadeira receita de um Leitão à Bairrada!

Bom, tradicional e português: saiba como se deve fazer um Leitão à Bairrada!

Sou português e com muito orgulho! E isso vê-se um pouco em tudo na minha vida. Por exemplo, quando estou de férias, em primeiro lugar, gosto de dar um salto a uma das muitas fantásticas praias portuguesas. E, como é óbvio, o meu orgulho pelo nosso país também se faz sentir na hora da comida! Ele é doces, ele é pratos de peixe…  e também pratos de carne, como um bom Leitão à Bairrada!

Receita de Leitão à Bairrada

Ingredientes (para o tempero de um leitão de 7 a 8 kg):

– 2 cabeças de alho
– 3 colheres de sopa de sal
– 2 colheres de sopa bem cheias de boa pimenta moída
– Um raminho de salsa
– 50 g de toucinho
– 50 a 100 g de «unto» manteiga de porco
– 1 folha de louro
– Azeite q.b
– Vinho branco q.b

Preparação:

Para preparar o tempero, junte os ingredientes (menos a manteiga, o azeite e o vinho) num almofariz de madeira, onde deve pisá-los pela ordem com que os alimentos foram enumerados na lista anterior.
Depois de todos os ingredientes bem pisados, adicione a manteiga, mexendo sempre até ficar uma massa regular.
Por fim, junte o azeite, que deverá misturar-se muito bem com a massa.
O leitão é enfiado na vara (espeto) que, inicialmente era de loureiro, depois de pinheiro seco e atualmente é de inox. A vara deve ter um comprimento tal que, depois de metida até ao fundo do forno, fica de fora cerca de 1 metro, pelo menos.
A vara deve sair pela boca do leitão, cerca de um palmo.
Amarram-se as pernas à vara com um arame fino, ficando as mãos livres.

Seguidamente, o leitão é muito bem barrado com o tempero, tanto por fora como interiormente, introduzindo-se o restante na barriga e em todas as partes vazias.
É costume também dar umas picadas, com a agulha de coser, nas coxas e espáduas onde há carne com mais altura, introduzindo um pouco de tempero nessas picadas.
Cosem-se depois os rasgos abertos no ventre e entre as mãos ou pescoço, com uma agulha chamada «agulha de leitão», que é semelhante àquela de coser sacos, mas mais pequena, e um fio de linho ou algodão mais conhecido por fio carreto ou fio do norte. Posto isto, o leitão está pronto a entrar no forno.
Entretanto, asse lentamente em forno de lenha, regando de vez em quando com vinho branco.
Assim que estiver assado, retire o molho acumulado na barriga.
Sirva com batatas fritas, acompanhadas do molho e por um ou outro pedaço de laranja.

Por fim, termine esta refeição na perfeição com uma típica sobremesa portuguesa!

Conheça mais receitas deliciosas!

(Visto 1.086 vezes)

Artigos Relacionados

Croquetes: preparados em casa… têm um outro sabor!

Croquetes: preparados em casa… têm um outro sabor!

Aproveite o feriado para preparar esta receita de croquetes que é cá uma maravilha… Ora experimente! Mesmo que haja restaurantes que preparem croquetes de bradar aos céus, não há nada como preparar uma receita caseira – ainda para mais nos tempos atuais em que não […]

Favas à Algarvia: nada como um bom prato caseiro!

Favas à Algarvia: nada como um bom prato caseiro!

Acredite: esta receita de favas à Algarvia é uma delícia! Lanço-lhe este desafio: diga-me uma única região do nosso país que não tenha uma iguaria que apetece repetir vezes sem conta! Está a ver… é impossível! Portugal é repleto de pratos que só nos fazem […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *