Estudo garante: cerveja é mais eficaz contra as dores do que o paracetamol

Estudo garante: cerveja é mais eficaz contra as dores do que o paracetamol

Será que é preferível beber uma cerveja a tomar um comprimido?

Há quem diga que um copo de vinho cura muitos males, que é um dos melhores remédios caseiros que há por aí, mas, agora, um estudo garante que a cerveja também tem efeitos medicinais contra as dores!

De acordo com um estudo publicado no The Journal of Pain, o álcool presente em duas canecas de cerveja é mais eficaz contra dor e desconforto do que paracetamol. Parece difícil de acreditar, mas é o que diz o estudo!

Os investigadores analisaram mais de 18 outros estudos para chegar a esta conclusão. De acordo com os cientistas, a quantidade de bebida ingerida aumenta a resistência à dor, ultrapassando o alívio de remédios clássicos.

Se você for daquelas pessoas que não gosta de tomar comprimidos, mas que sofre de várias dores, pode pensar em deixar algumas cervejas no frigorifico para alguma emergência.

Mas não tome esta dica como uma recomendação oficial de médicos e cientistas. Convém sempre confirmar primeiro se o consumo desta bebida não vai acabar por prejudica-lo a longo prazo.

E, já gora, se estiver a sofrer com o nariz que está entupido e não para de pingar, pode recorrer a este truque caseiro!

(Visited 123 times, 1 visits today)

Related Posts

Frango com lata de cerveja

Frango com lata de cerveja

Não, não é nenhuma partida atrasada de Carnaval! Existe mesmo uma receita de frango com lata de cerveja! Descubra-a! Esta receita do site Food52 quase que parece uma partida de Carnaval: afinal, quem diria que seria possível preparar uma receita de frango com lata de […]

Bolo de chocolate e cerveja preta: parece estranho… mas é uma delícia!

Bolo de chocolate e cerveja preta: parece estranho… mas é uma delícia!

Simples e saboroso: assim é este bolo de chocolate e cerveja preta! O mundo da culinária é mesmo surpreendente, não acha? Por exemplo, para muitos, a cerveja é apenas e só uma bebida fresca para acompanhar caracóis e pastéis de bacalhau… mas não é que […]