Pastéis de carne e cebola

Pastéis de carne e cebola

Prepare-se: esta receita de pastéis de carne e cebola é absolutamente maravilhosa!

Sempre que lê ou ouve a palavra “pastéis”, pensa ou diz logo “de bacalhau“? Não o julgo: os pastéis de bacalhau são um daqueles petiscos que nos sabem muito bem seja em que altura for. E ainda permitem as mais diferentes e deliciosas combinações: com batata-doce, com arroz… Mas acredite que, depois de ler esta receita, os pastéis de bacalhau vão ganhar um rival à altura: estes pastéis de carne e cebola! São irre-sis-tí-veis!

Receita de pastéis de carne e cebola
Ingredientes:


– 1 embalagem de massa tenra
– 3 colheres de sopa de azeite
– 500 gr de carne de vaca moída
– 2 cebolas picadas
– 1 dente de alho picado
– 1 tomate sem pele e sem sementes
– Sal q.b.
– Pimenta-preta q.b.

Preparação:

Refogue a carne no azeite, até que seque. Junte a cebola e o alho e refogue até que a cebola fique transparente.
Junte o tomate e refogue por 5 minutos. Tempere com sal e pimenta, deixe apurar e apague o lume.
Corte vários círculos de massa, no centro disponha uma colher de sopa do refogado. Feche-os e leve a fritar em óleo abundante, individualmente, até que estejam dourados e crocantes.

Diga lá: esta não é uma excelente entrada para uma refeição composta por um pato confitado e por um pudim de ovos?

(Visto 825 vezes)

Artigos Relacionados

Queques de iogurte: ficam prontos em 5 minutos… e são uma maravilha!

Queques de iogurte: ficam prontos em 5 minutos… e são uma maravilha!

Queques de iogurte: ora aqui está uma delícia que vai querer provar todos os dias! Aqui confesso uma coisa: muitas vezes vou ao supermercado comprar iogurtes… mas não é apenas para prová-los rapidamente com uma colher durante um lanche. Nada disso! Muitas vezes, recorro a […]

Compota de amora: um sabor que nos faz regressar à infância!

Compota de amora: um sabor que nos faz regressar à infância!

Prepare-se: vai mesmo morrer de amores por esta receita de compota de amora! Tão bom como provar uma fruta no seu estado natural, é barrar esses alimentos num pão ou numa tosta. Já partilhei por aqui algumas sugestões que são intemporais, ou seja, são deliciosas […]