Saberá mesmo usar especiarias?

Saberá mesmo usar especiarias?

Usar especiarias é um assunto que divide várias opiniões: existe quem as adore e que saliente o sabor que dão aos alimentos e cozinhados; existe quem não as aprecie com a justificação de que retiram o sabor natural dos alimentos. O terceiro grupo de pessoas são as que não usam especiarias por falta de conhecimento.

Usar especiarias nas receitas ou atrever-se a experimentá-las pode ser um desafio. Existem sabores que não se casam bem, por outro lado existem alimentos que criam harmonia total com as especiarias.

E se eu lhe desse umas dicas para usar as especiarias que mais gosto?

Pimenta: existem três tipos de pimenta: a branca, a preta, e a verde, sendo que todas vêm da mesma planta. A diferença é no tempo em que são colhidas e no diferente tratamento. A pimenta verde vai bem para temperar molhos; a branca para carnes de aves, peixes e suínos; a pimenta preta é a mais versátil, podendo ser usada em praticamente qualquer prato salgado. É perfeita para carnes vermelhas.

Canela: além do seu poder termogénico, a canela é muito aromática e no nosso país é bastante usada na doçaria, como é exemplo o arroz doce ou o pastel de Belém. Trago-lhe o desafio de experimentar canela na canja, em molhos ou apenas uma pitada na carne, o que me diz?

Noz-Moscada: é muito usada em molhos ou qualquer receita que inclua derivados do leite. Experimente dar um toque de noz moscada nos molhos brancos, em molhos à base de queijo ou no fondue. Experimente também pôr um bocadinho de noz moscada no chocolate quente.

Cominho: são grãos pequenos e pontudos, com um aroma muito característico que combina com o feijão, sopas e carnes. Pode ser uma opção para temperar os seus legumes cozidos.

Anis estrelado: é parte da semente de uma fruta. Tem um sabor muito forte, e por isso deve ser doseado e combinado com outras especiarias para não dominar o sabor do prato. Use em carne de porco ou frango e vegetais.

 

Atenção:

  • Não se esqueça de guardar as suas especiarias devidamente em potes de vidro de preferência e em lugares frescos e secos.
  • Antes de usar um tempero, certifique-se que está bom. Para isso cheire-o: se estiver com cheiro apagado, está velho e é melhor deitar fora. Em geral, temperos secos bem conservados duram meses.

 

 

Entretanto pode experimentar a receita do melhor bolo de chocolate aqui.


Related Posts

Piquenique de verão: estes são os melhores alimentos!

Piquenique de verão: estes são os melhores alimentos!

Quer um piquenique de verão e bastante saudável? É só seguir estas dicas! Com os dias de verão, só dá vontade de sair de casa, mesmo com todos os cuidados, devido à pandemia Covid-19. Que tal preparar um piquenique? É uma refeição de sonho, à […]

Siga estas 5 dicas, para reduzir o consumo de sal!

Siga estas 5 dicas, para reduzir o consumo de sal!

Cá em casa, sigo cada uma destas dicas para reduzir o consumo de sal! A 3.ª é essencial! É certo que dá tempero aos alimentos, mas o sal é um daqueles ingredientes que deve ser controlado, pela nossa saúde e pela saúde daqueles a quem […]