Dom Rodrigo, diretamente do Algarve

Dom Rodrigo, diretamente do Algarve

Mais um doce conventual, mais um doce bem português. Quem é do Sul do país, ou quem visita esta região especialmente na época balnear sabe que, a cada canto e recanto do nosso Algarve, Dom Rodrigo é o que não falta. Quando é acompanhado com um café, faz o contraste perfeito com o travo amargo, visto este doce ser à base de ovos e açúcar. Porque um Dom Rodrigo, só faz bem é a boa disposição.

Receita de Dom Rodrigo

Ingredientes:

Doce de Ovos

-6 de gemas

-125 ml de água

-150 gr de açúcar

 

Fios de Ovos

-500 gr de açúcar

-250 ml de água

-12 de gemas

-1 pitada de farinha

-1 pitada de açúcar

 

-80 gr amêndoa moída

-Canela em pó

 

Preparação:

Doce de ovos

Numa panela, leve ao lume a água e o açúcar.

Vá mexendo para dissolver o açúcar na água e até este atingir o ponto pérola (o ponto pérola é quando o a mistura da água com o açúcar atingir uma textura mais espessa).

Retire a mistura do lume e deixe arrefecer.

Quando a mistura estiver praticamente à temperatura ambiente junte as gemas a pouco e pouco enquanto vai batendo ligeiramente.

Leve este creme novamente ao lume até passar uma colher de madeira no fundo da panela e conseguir ver o fundo da panela. De seguida retire o creme do lume e deixe arrefecer. Conserve no frigorífico até ao momento de voltar a usar.

 

Fios de ovos

Comece por bater as gemas e passe-as por um passador de rede fina.

Deixe as gemas escorrer para um recipiente.

Leve a água e o açúcar ao lume.  Deixe ferver e atingir o ponto de pérola. Tenha preparada um recipiente com água gelada (com pedras de gelo). Salpique a calda com um pouco de farinha e açúcar, misturados, para manter o ponto de açúcar. Coloque o lume no mínimo.

Coloque um pouco das gemas num funil próprio para fazer fios de ovos e deixe cair os fios sobre a calda movendo o funil em círculos.

Deixe cozinhar alguns segundos e retire para a taça de água gelada. Repita o processo até acabar as gemas.

Depois de fazer os fios de ovos com todas as gemas, reserve-os no frigorifico.

 

Junte a amêndoa moída ao doce de ovos e envolva muito bem. Reserve.

Numa frigideira antiaderente, coloque quatro colheres de sopa da calda de fazer os fios de e deixe ferver até atingir o ponto de caramelo (cor dourada).

Quando atingir o ponto caramelo adicione duas colheres de sopa de fios de ovos.

Deixe-os caramelizar um pouco, vire-os e adicione, no meio deles, uma colher de sopa de doce de ovos.

Vire os fios de ovos sobre o doce de ovos como se fosse um embrulho, mantendo o recheio no centro.

Coloque-o agora num quadrado de papel vegetal e polvilhe com canela.

Embrulhe o Dom Rodrigo no papel vegetal e, depois, num quadrado de papel colorido. Repita o processo até acabar os fios de ovos e o doce de ovos.

 

Veja também a receita de pão de ló de Ovar, aqui.

(Visto 3.036 vezes)

Artigos Relacionados

Arroz-doce: as três melhores receitas!

Arroz-doce: as três melhores receitas!

Arroz-doce: uma sobremesa típica portuguesa… a que, praticamente, ninguém resiste! Arroz-doce é aquela sobremesa que agrada todas as gerações. Era a especialidade das nossas avós e ainda hoje adoramos provar e abusar desta delícia. Por isso mesmo, trago-lhe as três melhores receitas de arroz doce… […]

Massa mãe: conheça um fermento saudável e natural para fazer o pão!

Massa mãe: conheça um fermento saudável e natural para fazer o pão!

Nunca foi tão fácil fazer pão sem sair de casa! Fique com esta receita de massa mãe! Não podia haver altura mais adequada, num período em que é aconselhável ficar mais um tempo por casa, para partilhar a receita de hoje! “Mãe”, uma simples palavra […]