Biscoitos caseiros para amigos de 4 patas

Biscoitos caseiros para amigos de 4 patas

Passei uma tarde com a Andreia Freitas, a proprietária da Agrozoo Santa Eulália, e juntos criámos uma receita especial para os nossos amigos de quatro patas, uma receita de biscoitos para cão.

Sou fã e cliente desta boutique há alguns anos. É a primeira boutique canina do país e está sempre à procura de novidades. Fica em Vila Nova de Famalicão e surpreendeu-me desde a minha primeira visita, altura em que fui buscar a Carlota, uma Pug que hoje tem quase três aninhos e que me segue para todo o lado, e o Caju, um Pug macho que ofereci à minha querida Isabel Silva.

Nesta boutique, com várias dezenas de metros quadrados, encontramos dezenas de acessórios exclusivos da marca. Roupas lindas de morrer, alimentação adequada às necessidades dietéticas de cada animal, brinquedos e até joias, imaginem só!

Para os patudos há até mesmo peças de mobiliário. Das camas aos sofás, desenhados e produzidos em exclusivo pela Agrozoo Santa Eulália a pensar no conforto e bem estar dos nossos animais.

Mas como não há patudo que não seja guloso (é desaconselhado dar-lhes doces e até mesmo bolachas das nossas), a pensar no prazer que têm ao comer um biscoitinho, a Andreia desafiou-me a desenvolver uma receita de biscoitos para cão caseiros que eles possam comer à vontade sempre que os quiser mimar.

O resultado foi surpreendente e pode ver as receitas na edição de Setembro da revista À Moda do Flávio que já está nas bancas.

 

 


Related Posts

Biscoitos de batata-doce para cães

Biscoitos de batata-doce para cães

A Carlota adorou esta receita de biscoitos de batata-doce para cães! A batata-doce faz bem, é boa… e eu adoro! E com ela consigo fazer as receitas mais diferentes: desde uns ótimos aperitivos a uma sobremesa que fica na nossa memória durante muitos e muitos […]

Biscoitinhos de coco

Biscoitinhos de coco

O mundo fica muito mais delicioso com esta receita de biscoitinhos de coco! Sabe aquelas perguntas cliché que nos costumam fazer, como “se fosses um condenado à morte e tivesses um último pedido para fazer… o que pedias?”. Bom, se esta pergunta não é original… […]