PRESENTES PERSONALIZADOS, FAÇA-OS

PRESENTES PERSONALIZADOS, FAÇA-OS

Apesar de o espírito não ser esse, Natal sem presentes também não faz sentido. Nem tem de fazer. Nos tempos que correm é cada vez mais comum as famílias combinarem darem presentes só às crianças, reservando para os adultos apenas uma pequena lembrança.

Acontece porém que, por norma, se feita por nós, essa pequena lembrança tem sempre muito mais significado do que um qualquer presente comprado à pressa numa qualquer loja.

Com tempo e vontade, as possibilidades são inúmeras. Desde licores, a compotas e bolachas caseiras, a uma moldura personalizada com uma fotografia de um momento especial, estes são os presentes mais sentidos, porque são feitos com dedicação e carinho.

E porque “os olhos também comem”, os embrulhos têm de ser preciosos. Com materiais naturais, como a ráfia, e uma vez mais recorrendo ao que a natureza nos pode oferecer, como os pequenos galhos e as folhas, o sucesso do seu presente estará garantido, se estiver envolto num embrulho irresistível.

Já percebeu que com vontade e algum tempo estas próximas festas não têm de ser motivo de stress. Antes pelo contrário. As propriedades terapêuticas de quem está a fazer algo para quem se gosta só podem ter benefícios acrescidos e resultar numa quadra inesquecível.

(Visited 719 times, 1 visits today)

Related Posts

Estas bolachas de aveia e tâmaras estão tão perto da perfeição…

Estas bolachas de aveia e tâmaras estão tão perto da perfeição…

Ainda não sabe o que fazer para o lanche? Tcharan! Bolachas de aveia e tâmaras! Que tal? Até posso não ser propriamente um “monstro das bolachas”, ou seja, não sou um grande fanático por estes ingredientes… Mas a verdade é que não há nada como […]

Bolachas de abóbora e chocolate

Bolachas de abóbora e chocolate

Bolachas de abóbora e chocolate: quentes, doces e caseiras. Quer uma? Não é preciso dizer que estas bolachas de abóbora e chocolate rendem um lanche super delicioso, pois não? E não é só por a fotografia já nos deixar com água na boca: a verdade […]