Kátia Aveiro escreve carta emocionante ao pai que já partiu

Kátia Aveiro escreve carta emocionante ao pai que já partiu

Kátia Aveiro utilizou as redes sociais para homenagear o pai, Dinis Aveiro, que morreu a 6 de setembro de 2005. Num texto emocionante, a cantora refere inúmeras vezes a falta que, mesmo com todos os defeitos que tinha, o pai lhe tem feito ao longo destes últimos anos.

Leia a carta que a Kátia Aveiro deixou no Facebook

Faz hoje 11 anos que partiste!

Pois eu e as datas?

Não me esqueço de nenhuma ou quase nenhuma, tanto as boas como as más, que por uma razão ou outra nos veio trazer algo, umas mais dor outras menos sofrimento.

E hoje dia 6 de setembro foi o fim de um sofrimento, mas o início de uma dor sem fim, uma dor que minimiza com os anos que vão passando, mas que nunca passa, nunca passa.

Só aumenta a saudade de não te podermos ver nunca mais, e existe uma dor que desvanece volta e meia, afinal existem coisas boas que deixaste aqui, e outras que vieram depois de teres ido, foram os teus netos que já cá estavam foram os que nasceram depois, um até herdou o teu nome, imagina pai temos mais um Dinis na família, eu sei que deves ter tanto orgulhoso disso ter um neto com o teu nome. Também tem mais um Cristianinho, se um era maravilhoso agora pensa em dois pai. Tem também outro Huguinho esse que é o mais pequenino da família,vês pai? A vida continuou sem ti! Mesmo com a dor da saudade os nossos dias foram seguindo e lentamente tudo foi voltado dentro do possível ao normal.

A tua família continuou a crescer tens já seis netos pai! Seis netos! Mas acredita pai estamos todos bem, cada um nos seus sonhos no seu rumo, com saudades tuas, saudades de quando nos fazias rir, saudades quando resmungavas se a gente implicava contigo, quando tu te excedias e bebias mais do que o normal, eras tão feliz à tua maneira e como eras, e a gente não te compreendia, ou até compreendíamos, mas queríamos que ficasses mais anos aqui junto de nós, mas infelizmente Deus quis-te com ele para que lá de cima cuidasses de nós, e cuida, como cuidas!

A dor que permanece, desaparece quando relembramos de ti, das tuas piadas, da tua presença, das tuas gargalhadas, do teu jeito descontraído e relaxado de viver a vida, fazes falta pai, porra pai como fazes. Passe o tempo que passar a tua ausência é sempre sentida, tu eras carismático, deixas-te marcas, deixas-te recados. Há lugares, cheiros e pessoas que nos fazem recordar de ti, existem momentos que serão eternos em nossos corações porque simplesmente tu foste és e sempre serás o nosso pai, o nosso barbudo, o nosso abelhinha, o nosso, o nosso pomba murcha, fazes falta pai, fazes tanta falta… até um dia pai.

Um beijinho para a Kátia Aveiro e um grande abraço a toda a família.

 

 


Related Posts

Cristiano Ronaldo não resiste a um Bacalhau à Brás: conheça esta receita!

Cristiano Ronaldo não resiste a um Bacalhau à Brás: conheça esta receita!

Fácil… e irresistível: fique com esta receita de Bacalhau à Brás, o prato preferido de Cristiano Ronaldo! É certo e sabido que Cristiano Ronaldo é dono de uma invejável forma física. E a alimentação do futebolista é um dos principais trunfos para esta silhueta, que […]

Bolo de banana da Madeira de Dolores Aveiro!

Bolo de banana da Madeira de Dolores Aveiro!

A matriarca do clã Aveiro revela um dos seus segredos mais bem guardados: a receita do Bolo de Banana preferido de Cristiano Ronaldo! Quem acompanha de perto o dia a dia de Dolores Aveiro sabe a ligação afetiva que esta “mãe coragem” tem com a […]